A digitalização do varejo físico vem ganhando cada vez mais relevância tendo em vista seu poder de captar a atenção do público, mesmo a longa distância, e de ajudar a superar desafios comuns nesse ramo de negócios. A digitalização do varejo físico ajuda a enfrentar desafios do setor.

Da transformação de um ponto de venda tradicional em um ponto de experiência atraente, onde o consumidor queira entrar e permanecer por um bom tempo, ao acesso a dados confiáveis para analisar os negócios e desenvolver ações mercadológicas assertivas, o PDV se beneficia com a inovação.

Para isso, soluções modernas para digitalização do varejo físico, como o Botão de Sugestões nas versões manual ou com integração ao sistema fiscal e de estoque, ambas da VTT, surgem como meios para elevar o atendimento e cativar os clientes.

Saiba mais a seguir.

Oriente seu PDV pelas aspirações de seu público e tenha melhores resultados

Negócios que definem aexperiência do cliente como prioridade são mais resilientes durante períodos de dificuldades, como a pandemia. Além disso, sua capacidade de recuperação financeira é 3 vezes mais rápida, quando comparada com aqueles em que não há esse mesmo comprometimento com a satisfação do consumidor.

Essa é a conclusão de um estudo da McKinsey & Company, empresa global de consultoria em gestão. Ele também aponta que, para manter a relevância diante do “novo normal”, os varejistas devem se orientar pelas aspirações de seu público – algo que a digitalização do varejo físico facilita, aliás.

Segundo a McKinsey os principais pontos para isso são: investir na estratégia omnichannel, inovar nas operações das lojas off-line e adotar um modelo operacional mais ágil. Veja mais detalhes a seguir.

1) Estratégia omnichannel

Para o consumidor atual, seu smartphone é praticamente uma extensão do braço e os varejistas devem usar essa preferência para melhorar o engajamento entre marca-cliente. 

Se sua rede já possui uma estratégia, é importante fazer uma avaliação e preencher lacunas. Se não possui, não há mais como esperar.

Garantir que todos os canais estejam integrados e ofereçam as mesmas ofertas é questão de sobrevivência em uma realidade em que o consumidor usa a internet para pesquisar serviços e produtos antes de decidir pela compra. E compartilha suas impressões sobre a marca nas redes sociais.

Essa pesquisa ocorre fora e dentro do ponto de venda. Ou seja, explore ao máximo essa preferência do público para elevar sua experiência e mostrar o que sua marca tem de bom a oferecer. 

No vídeo abaixo você consegue verificar como soluções de digitalização no varejo físico colaboram para um PDV mais moderno e pronto para conquistar o consumidor por meio de todos os canais possíveis.

2) Inovar nas operações das lojas físicas? A digitalização do varejo físico é essencial

Os clientes desejam ir às lojas e os principais motivos para isso são: sair de casa, ver os produtos para experimentar/testar, fechar a compra e levar o item para casa na hora!

Mas, seguindo as novas prioridades do consumidor, ele deseja encontrar autonomia, segurança e rapidez no atendimento.

De novo, a digitalização do varejo físico é a solução perfeita para atender essas aspirações. Como exemplo, podemos citar:

3) Adotar um modelo operacional mais ágil

A dica da McKinsey & Company aqui é ter maior velocidade na captura e análise de dados do consumidor no ponto de venda para criar campanhas mais assertivas e que ofereçam maior retorno aos negócios.

O mapa do calor, por exemplo, é uma solução para digitalização do varejo físico que dá muitas informações relevantes ao lojista. Por exemplo: permite otimizar o layout da loja, mostrar os pontos adequados para exibição de produtos, realizar testes A/B para verificar performance de promoções em espaços diferentes do PDV, etc.

E, claro, pensando pelo lado do consumidor, comunicação atrativa e dinâmica capta a atenção do cliente e diminui a percepção de espera.

Ou seja, as soluções usadas para digitalizar lojas off-line entretém o cliente e tornam o momento do checkout mais agradável, podendo aumentar o ticket médio com ofertas complementares.

Botão de sugestões manual ou com integração fiscal e de estoque, soluções da VTT

Empresa referência na digitalização do varejo físico, a VTT possui um portfólio amplo de soluções e desenvolve projetos personalizados para cada cliente.

Entre elas, estão o Botão de Sugestões, que pode ser manual ou na versão integração fiscal e de estoque, ambas são fáceis de operar, práticas e dão muito bons resultados.

Botão de sugestões é uma ferramenta prática para digitalização do varejo

Bem comum no varejo alimentício a solução manual é usada pelo próprio atendente. Após o cliente efetuar seu pedido, o colaborador aperta o botão e surge na tela um produto complementar.

Assim, o consumidor pede o prato principal e é sugerida a sobremesa ou bebida. Ou, ainda, basta acionar o botão para mostrar ofertas de itens voltados para menores – no caso de clientes que estão com crianças.

Simples e rápido, é uma boa maneira de ampliar o ticket médio com vendas cruzadas.

Botão de sugestões com integração fiscal e de estoque 

Mais uma solução para digitalização do varejo físico que é bem prática e econômica. Trata-se do mesmo botão de sugestões, porém automático e vinculado ao sistema fiscal e de estoque da loja.

Dessa forma, quando o cliente faz um pedido, a solução busca automaticamente outras opções complementares e que estão disponíveis para compra.

Vejamos um caso prático: após pedir um prato de feijoada, o sistema sugere à pessoa um delicioso pudim ou doce de abóbora. Agora, se o estoque do pudim estiver zerado, por exemplo, a indicação não acontece.

Além disso, a solução para digitalização do PDV também identifica itens que estão com o prazo de validade mais curtos, permitindo criação de ofertas específicas e evitando perda de produtos. 

Outro ponto de destaque do botão de sugestões é que ele permite criar conteúdos sem informar valores.

Dessa forma, há uma integração entre a comunicação que aparece na tela e o sistema fiscal e/ou de estoque da loja (qualquer que seja ele), condicionando a oferta:

  • Ao valor praticado em cada unidade – pois pode haver diferença de preço de loja a loja. Basta atualizar o sistema fiscal para a informação ser atualizada na tela;
  • À quantidade de itens em estoque, ou seja, se o estoque zerar, o produto não é divulgado, evitando frustração. Chegando mais produtos no estoque, volta a aparecer automaticamente!

Vale destacar a praticidade, dinamismo e economia – com a criação de artes e de tempo dos colaboradores – que essa solução proporciona. A digitalização do varejo físico ajuda a enfrentar desafios do setor.

Não tenha dúvidas: a expectativa do consumidor está em contínua transformação. E o ponto de venda precisa responder com agilidade e inovação para atrair, conquistar e manter seus clientes, bem como atrair novos.

Claro que a VTT está aqui para ajudar com soluções inovadoraspara digitalização do varejo físico que estão sempre em consonância com os anseios do público.

CONHEÇA NOSSO PORTFÓLIO DE PRODUTOS